25 de novembro de 2013

Despertar



Uma tarde chuvosa, um computador, e a ideia de expressar meus pensamentos de alguma forma. Essas foram as condições necessárias para criar um blog, o qual chamei de "A Catarse do Corvo".

Um nome estranho, que me veio à mente e caiu como uma luva para o que eu pensava escrever. Muitos talvez não o entendam, ou sequer se interessem em visitá-lo, mas será aqui que me manifestarei minha loucura, minhas reflexões e sentimentos. Depositarei aqui um pouco de mim, da minha alma, tentando assim entender a mim mesmo e ao mundo.
Segundo Aristóteles, a catarse refere-se à purificação das almas por meio de uma descarga emocional provocada por um drama.
O significado de catarse diz muito a respeito do blog, que simbolizará para mim essa purificação, sem roteiros e sem ideias fixas, apenas um emaranhado de palavras que talvez pareçam nada dizer, mas muito expressarei através delas.

Espero fazer desse blog não um diário, ou algo pra chamar a atenção das pessoas. Espero que eu consiga libertar minhas inspirações para que A Catarse do Corvo realmente aconteça.

Até o próximo post...

Verbum volat, scriptum manet
Corvo Branco


Nenhum comentário:

Postar um comentário